Pages

terça-feira, 15 de março de 2011

Mulher é assassinada com onze facadas pelo próprio marido

Um dos golpes atingiu a garganta e o olho de Raimunda Garcês da Conceição.
SÃO LUÍS - Uma mulher identificada como Raimunda Garcês da Conceição, 42 anos, natural de Vargem Grande, foi assassinada com onze facadas pelo marido Edijane da Mota, 41 anos. O crime aconteceu por volta das 4h30 desta segunda-feira, (14), na rua 203 - Unidade 203 - na Cidade Operária.
A vítima foi assassinada na porta de casa após uma discussão com o marido. Ele aplicou os golpes na altura do rosto e um deles atingiu a garganta e o olho. Depois de cometer o homicídio, o acusado arrastou o corpo da vítima para dentro de casa.
Os vizinhos contam que o casal vivia brigando. Edijane era bastante ciumento e não aceitava que a esposa trabalhasse. Ela tinha um comércio no Jardim América, na área da Cidade Operária.
Já o acusado fazia lotação de São Luís para o município de Barreirinhas. Edijane fugiu em um Voyage de cor prata. O casal tem dois filhos: um menino de 11 anos e uma menina de 9, que no momento do assassinato estavam dormindo.
O corpo de Raimunda Garcês já foi levado para o Instituto Médico Legal (IML). Os vizinhos estão chocados com barbaridade do crime.
Pedro Sobrinho / Imirante

1 comentários:

Jefhcardoso disse...

Olá Jornal Agora!
É com grande tristeza que leio notícias como essa, penso em Deus e em tudo que Ele fez para o homem.
Prazer em estar aqui!
“Para o legítimo sonhador não há sonho frustrado, mas sim sonho em curso” (Jefhcardoso)
Gostaria de lhe convidar para que comentasse o meu conto “Água benta bem gelada”. Ok?
Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com

Postar um comentário